28 novembro 2009

Prefeitura e igreja unidos pela educação



O Conselho Nacional de Pastores do Brasil - CNPB, Capítulo Pindamonhangaba reuniu-se com a secretária de Educação, Bárbara Zenita França de Macedo, com a presença dos pastores Camilo De Léllis Monteiro; Gabriel Aquino da Cruz (capelão da Faculdade de Pindamonhangaba) Júlio Cézar Bernini (titular da IBP de Moreira César); Éberton Márcio Andrade Santos (titular da IBP central); Darcy de Oliveira Filho (vice-presidente da AD Antioquia); do presidente do CNPB (Conselho Nacional dos Pastores do Brasil), Capítulo Pinda, Rev. Sebastião Edivino (Superintendente Regional da Igreja do Evangelho Quadrangular); e do secretário executivo do órgão, José Alencar Lopes Júnior (Assessor de Gabinete - membro da Secretaria de Governo e Integração).



A reunião aconteceu para discutir a distribuição de material educativo, aos alunos do ensino fundamental da rede municipal, e elaboração de um plano de distribuição sistemática em parceira com toda equipe da Secretaria de Ensino, ao todo, serão necessárias 13 mil cartilhas para atender a necessidade do município.

O principal assunto abordado pela cartilha é a participação da família na escola, conversar com professores, diretoria, saber como funciona a unidade escolar, saber qual é a necessidade da criança, e o que os pais podem fazer para ajudar os professores a manter os alunos na escola

O Pastor Sebastião Edivino disse que a reunião foi muito importante, pois vai dinamizar o trabalho da entidade e atingir os alunos de toda a rede municipal de ensino. "A idéia é distribuir mais 13 mil cartilhas para todos os alunos desta faixa etária. Alcançar as famílias e mostrar a importância de seu envolvimento, para que incentivem as crianças a ficarem na escola e estudar.

A secretária da Educação Bárbara Zenita França de Macedo destaca que a participação dos pais é muito importante para o bom andamento da escola, do trabalho com o aluno, porque se sentem valorizados quando os pais procuram a escola. Ela considera que o trabalho do Conselho veio somar com as ações da Prefeitura.

Os interessados em conhecer a cartilha e contribuir com o trabalho podem entrar em contato com a Secretaria de Educação ou o Conselho de Pastores pelo telefone 8177-7718.

Jose Alencar Lopes Junior

Jornalista Mtb 54 454

03 outubro 2009

PREFEITURA DE PINDAMONHANGABA É PARCEIRA DA EDUCAÇÃO



O Prefeito João Antonio Salgado Ribeiro está em seu segundo mandato à frente da Prefeitura de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba-SP. Nesta entrevista, realizada pelo prof. João Moreno de Souza Filho, ele fala sobre o que a Prefeitura de Pinda tem realizado para melhorar a educação da cidade.


1) COMO A PREFEITURA DE PINDA VÊ AS ENTIDADES SOCIAIS: IGREJAS, ESCOLAS, SE MOBILIZANDO PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO DA CIDADE E DO PAÍS?

JOÃO RIBEIRO - O trabalho das igrejas é fundamental para a construção de um mundo melhor, e o seu envolvimento com a educação é histórico. Essa mobilização é muito bem vinda e sempre contará com o apoio da nossa administração dentro das possibilidades que temos.

2) POR QUE É IMPORTANTE QUE A SOCIEDADE SE MOBILIZE PARA AUXILIAR O PODER PÚBLICO NA MELHORIA DA CIDADE, ESPECIALMENTE NA ÁREA DA EDUCAÇÃO?

JOÃO RIBEIRO - Em todas as áreas a participação e ajuda da sociedade é fundamental. Para o estabelecimento das prioridades é preciso ouvir a sociedade. Por outro lado, quanto mais organizada e mobilizada, a sociedade terá sempre mais a contribuir e mais, as pessoas passam a ser agentes da história, isto as valoriza na medida em que seu trabalho é reconhecido.

3) É DE CONHECIMENTO QUE UMA BOA ALIMENTAÇÃO AUXILIA NO APRENDIZADO DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES. O QUE A PREFEITURA DE PINDA TEM FEITO PARA MELHORAR A ALIMENTAÇÃO DOS NOSSOS ALUNOS?

JOÃO RIBEIRO - Desde 2005 uma das nossas prioridades foi melhorar a merenda oferecida aos nossos alunos. Hoje nos orgulhamos de dizer que, além de muito saborosa, a merenda tem alto valor nutritivo. Esse é um compromisso nosso que temos cumprido e que continuaremos a olhar muito de perto, sempre buscando melhorar.
Na educação, além dos investimentos na merenda escolar, construímos novas escolas, ampliamos praticamente todas as que já existiam, fizemos um grande trabalho de qualificação profissional com nossos professores e, fundamental, enfrentamos um outro problema crônico, hoje resolvido, o transporte escolar, principalmente na área rural.

4) UM DOS DESAFIOS NA EDUCAÇÃO É A FALTA DE CONDIÇÕES DE PAIS QUE NÃO PODEM COMPRAR LIVROS, LÁPIS, ETC. O QUE A PREFEITURA DE PINDA FAZ PARA MINIMIZAR ESTE PROBLEMA?

JOÃO RIBEIRO - Em todas as nossas escolas os alunos recebem um kit escolar e cada uma das escolas é munida de material suficiente para que todos os alunos possam estudar sem passar por esse tipo de problema.

Adquirimos, em 2008/2009, mais de 200 títulos de livros paradidáticos que foram distribuídos em todas as nossas escolas. Também tivemos a preocupação de dar aos nossos alunos lazer através de jogos educacionais e mais facilidade para o professor trabalhar em sala de aula com materiais didáticos, principalmente na área de matemática. Acrescentamos ainda que todos os materiais didáticos foram acompanhados de treinamento específico.

5) POR QUE É IMPORTANTE QUE OS PAIS E TODA A SOCIEDADE, FISCALIZEM NOSSAS ESCOLAS?

JOÃO RIBEIRO - Porque esta participação traz mais responsabilidade aos professores e funcionários, que se reflete na qualidade do ensino. A conservação dos prédios também melhora, pois a participação cria nas pessoas a consciência de que o bem público também é delas e, como donas, cuidam melhor do espaço.


6) APRESENTE ALGUNS OBJETIVOS DA PREFEITURA DE PINDA NA ÁREA DA EDUCAÇÃO.
JOÃO RIBEIRO
- Implantar o Plano de Carreira para os professores.
- Superar os índices propostos pelo Ministério da Educação em todas as nossas escolas, pois algumas já alcançaram os índices propostos para 2022.
- Ampliar número de vagas em creches.
- Implantar o Plano Municipal de Educação.


7) QUE MENSAGEM DE INCENTIVO O SENHOR DEIXARIA PARA NOSSOS PROFESSORES?


JOÃO RIBEIRO - A mensagem principal é a de agradecimento pelo trabalho que fazem pela construção deste país, muitas vezes em condições muito precárias de trabalho, material didático e, somado a tudo isso, o fardo pesado imposto em muitos casos de substituir a família de seus alunos. Na realidade em que vivemos, não é uma profissão para qualquer um.


Postado por João Moreno de Souza Filho

17 setembro 2009

05 METAS PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA ATÉ 2022

1) TODA CRIANÇA DE 4 - 7 ANOS NA ESCOLA
Para que essa meta seja alcançada será importante que os pais sejam conscientizados da importância de os filhos começarem a estudar aos 4 anos. Um outro ponto que auxiliará no alcance desta meta será a ampliação de vagas nas ecolas públicas e a construção de novas escolas.

2) TODA CRIANÇA ALFABETIZADA ATÉ OS 8 ANOS

3) TODO ALUNO COM APRENDIZADO ADEQUADO À SUA SÉRIE
Esta é uma área muito deficirária, no Brasil. Em 2007, por exemplo, somente 27,90% dos alunos da 4ª série e 20,50 dos alunos da 8ª série tiveram desempenho acima do nível de aprendizado adequado.

4) TODO JOVEM COM ENSINO MÉDIO CONCLUÍDO ATÉ OS 19 ANOS
Em 2007 60,5% dos jovens com 19 anos concluíram o ensino médio, ultrapassando, dessa forma, a meta que era de 58,9%. Se continuarmos assim, atingiremos a meta para 2009 que é de 64,5%

5) INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO AMPLIADO E BEM GERIDO
Em 2006 o Brasil investiu 3,7% do PIB (Produto Interno Bruto). A meta é ampliar este investimento até ultrapassar os 5% do PIB.
Para que essas metas sejam alcançadas serão necessários esforços dos poderes públicos, dos pais participando efetivamente da educação dos filhos, de entidades sociais e privadas, de toda a sociedade.

Para saber mais acesse: http://www.todospelaeducacao.org.br/Metas.aspx?LocalID=0

Por prof. João Moreno de Souza Filho

16 setembro 2009

PASTOR EUCLIDES FALA SOBRE AS AÇÕES DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS

O pastor Euclides Vaz Júnior é Presidente da Igreja Assembléia Ministério do Belém, igreja que “tem atuado intensamente através de seu ministério infantil e juvenil, com reuniões mensais de líderes em sua sede, à rua Cônego Tobias, 168, buscando o aprimoramento do ensino e aprendizagem da criança e do adolescente.”

De acordo com o pastor Euclides, a Igreja Assembléia de Deus busca “despertar cada criança e adolescente à leitura e interpretação de textos bíblicos, que dão forma aos princípios e valores esposados pelo Cristianismo evangélicos, através da Escola Bíblica Dominical.”

Acompanhe, abaixo, a entrevista com o pastor Euclides.

QUAL É A IMPORTÂNCIA DA IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS, MINISTÉRIO BELÉM, PARTICIPAR DA MOBILIZAÇÃO EM FAVOR DA EDUCAÇÃO?
Pastor Euclides -
No contexto em que atuamos, Pindamonhangaba, considero um avanço importante tratar do assunto em nossos cultos, uma vez que até então, a preocupação social na área da educação não constituía tema a ser abordado em nossas preleções ou pelo menos em avisos e comunicados à membresia e congregados. Tal comportamento se dava em função de longa tradição, privilegiando com exclusividade questões espirituais, doutrinárias e teológicas.

As demandas da sociedade, na qual a igreja está inserida, devem ser tratadas em nossas reuniões comunitárias, pois quando ensina Jesus que estamos "no mundo", sem sermos "do mundo" entendo que é necessário enquanto peregrinos nesta terra fazermos de nossas atividades um meio de melhorar a existência de todos, enquanto nos destinamos a eternidade com o Senhor. Dizendo de outra maneira, com a mente nos céus, orientada por Deus, e as mãos e os pés, realizando e caminhando sobre a terra. Orando, como se tudo dependesse de Deus e trabalhando, como se tudo dependesse de nós.

QUAL É A SUA VISÃO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NO PROCESSO DE EDUCAÇÃO DOS FILHOS?
Pastor Euclides - Fundamental e insubstituível. Os pais não têm o direito de terceirizar suas responsabilidades, principalmente no tocante ao acompanhamento escolar de seus filhos. Ler para eles e com eles. Questionar a interpretação do que estão aprendendo. Visitar a escola, conhecer os professores. Investir no equipamento escolar de seus filhos, não tem preço.

Lembro-me, aos dez anos de idade ter recebido de meus pais como presente uma Enciclopédia Delta Larousse juntamente com um diploma de propriedade em meu nome, e imagino quanto esforço fizeram para pagá-la. São recordações importantes para mim ter vivido em uma casa onde várias obras eram adquiridas, estimulando a leitura, que eu via, e isso foi fundamental, sendo realizada por meus pais.Coleções como Tesouro da Juventude, História do Brasil e sobre Literatura Universal, fizeram parte de minha infância. Como diz a célebre frase: "Aquele que não lê, mal fala, mal ouve e mal vê"

COMO O SENHOR VÊ A AÇÃO DO MEC NO ENVOLVIMENTO DAS IGREJAS NESSA AÇÃO PELA EDUCAÇÃO?
Pastor Euclides - Oportuna e democrática. Não privilegiou esta ou aquela instituição. Valorizou as entidades que têm relação contínua na vida comunitária e percebeu as igrejas como autoridades em tratar as "coisas do bem". Não executa uma ingerência na administração das igrejas, mas, pelo contrário, instrumentaliza a todas, com as condições necessárias para uma nova e essencial missão. Aproveita o imenso potencial voluntário e a dedicação que o cristão aprende em favor de seu próximo, o mais próximo de todos, sua família.

APRESENTE ALGUMAS AÇÕES DA ASSEMBLÉIA DE DEUS NA MELHORIA DA EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS E DOS ADOLESCENTES.
Pastor Euclides - Anualmente, no mês de julho, nossa Igreja realiza a Escola Bíblica de Férias, com participação aberta a todas as crianças da cidade e não somente as que fazem parte das famílias de nossa denominação. Temos alcançado nos últimos anos cerca de 3.500 crianças, durante uma semana, no período da tarde, incluindo além de lanches e entretenimento, também ensinos de alto valor para a convivência em familia e na sociedade.
Cada ano, novo tema é proposto, e todos os monitores e professores envolvidos são treinados para este fim.

Por João Moreno de Souza Filho

07 setembro 2009

Asssembléia de Deus Distribui Cartilhas do MEC em Reunião de Obreiros

No dia 27 de julho, em reunião de obreiros na Assembléia de Deus de Pindamonhangaba, ministério do Belém, o pastor Euclides Vaz Júnior (pastor presidente) distribuiu centenas de cartilhas "Acompanhem a Vida Escolar de Seus Filhos", do MEC.
A Assembléia de Deus tem um Comitê de Educação ligado ao Comitê Social Pela Educação Municipal.

Assista ao vídeo com as palavra do pastor Euclides.

Por João Moreno de Souza Filho.
video

06 setembro 2009

COMITÊ DA ASSEMBLÉIA DE DEUS BELÉM, DE PINDA, SE ESTENDE PELO VALE DO PARAÍBA

Os parceiros do Plano de Mobilização Social pela Educação de Pindamonhangaba, se reuniram em Guaratinguetá no dia 30 de julho, com cerca de 70 representantes de 31 igrejas Assembleias de Deus Ministério Belém para debater a importância do envolvimento da igreja nas ações do Plano de Mobilização Social pela Educação.

A atividade contou com a participação do pastor Presidente Presidente Ozias Gomes de Oliveira, além de pastores dirigentes das congregações, membros das igrejas que são professores das redes públicas municipal e estadual, superintendentes e professores de escolas bíblicas dominicais.

O pastor Ozias ressaltou a importância da participação da igreja nas ações que visam mobilizar as famílias em prol da melhoria da qualidade do ensino. Destacou, ainda, a alegria de sua comunidade religiosa em saber que o Ministro da Educação reconhe a igreja evangélica como importante parceiro nesse trabalho.

Ainda durante a reunião, a mobilizadora Doris Cardoso Prudente Bertolino expôs aos participantes da atividade sugestões direcionadas à igreja, por meio de seus membros e suas acomodações, para a realização de ações que visem melhorar a educação do País. Doris propôs, também, que os membros da igreja ofereçam auxilio a essas e às demais escolas de suas comunidades para a melhoria do Ideb.

O professor João Moreno fez explanação sobre a Cartilha “Acompanhem a vida escolar de seus filhos” e sobre a utilização desta publicação como material de mobilização, tanto dos membros da igreja, quanto de vizinhos e demais membros da comunidade.

Os mobilizadores expuseram, também, a experiência com a Mobilização Social pela Educação da igreja de Pindamonhangaba que integrou suas congregações às atividades do Plano. Sugeriram, portanto, que a prática seja reproduzida em Guaratinguetá e que a comunidade local se organize para a formação do Comitê de Mobilização.

As professoras e coordenadoras das redes públicas de ensino presentes à reunião reforçaram a necessidade do envolvimento da sociedade na Mobilização Social pela Educação. O pastor Ozias encerrou a atividade com agradecimentos à equipe de mobilização de Pindamonhangaba que é composta, além de Doris Bertolino e do professor João Moreno, por Lucas Cardoso Prudente Bertolino e a professora Maria Helena Villa Nova, membros da Assembléia de Deus, ministério do Belém, em Pindamonhangaba.

Com informações da mobilizadora Doris Bertolino.

ENCONTRO EM PINDAMONHANGABA REUNE PAIS E RESPONSÁVEIS



Em reunião realizada nesta terça-feira, dia 18 de agosto, na Escola Estadual Professor Mário Bulcão Giudice, em Pindamonhangaba (SP), os membros do Comitê apresentaram o Plano de Mobilização Social pela Educação para aproximadamente 100 pais e responsáveis, além professores, coordenadores e a direção da unidade de ensino.

Após exposição sobre a importância da participação da família na formação escolar dos alunos, integrantes do Comitê de Mobilização esclareceram dúvidas sobre o Plano , distribuíram a Cartilha "Acompanhe a vida escolar de seus filhos" e promoveram um momento de reflexão sobre o conteúdo da publicação com os participantes da atividade.

Os membro do Comitê ressaltaram, ainda, a necessidade exposta pela diretora da escola de renovação da Associação de Pais e Mestres (APM) da unidade, além do fortalecimento da atuação do Conselho Escolar, para a promoção de iniciativas que visem garantir a qualidade do ensino local.

O empenho do Comitê de Mobilização de Pindamonhangaba já registra resultados. Quando os pais presentes à reunião foram questionados sobre o conhecimento a respeito da Cartilha e, do mesmo modo, receberam orientação para adquirir a publicação junto aos pastores e padres de suas comunidades, boa parte surpreendeu os membros do comitê com a confirmação de que já havia recebido o material e as instruções sobre o seu conteúdo durante as atividades em suas igrejas.

Com informações de Doris Cardoso Prudente Bertolino, membro do Comitê de Mobilização em Pindamonhangaba
Postado por João Moreno de Souza Filho

05 setembro 2009

CARTILHA DO MEC AUXILIA MILHÕES DE PAIS NA EDUCAÇÃO DE SEUS FILHOS



O MEC, através dos comitês locias de mobilização ela educação, têm distribuido, em todo o país, milhões de cartilhas "Como Participar da vida escolar de seus filhos".

Essas cartilhas são distribuidas em reuniões nas escolas, em igrejas evangélicas e católicas, etc.

Nelas os pais encontram orientações sobre como melhorar a vida escolar de seus filhos e a respeito de seus direitos e deveres na área da educação.
A cartilha incentiva os pais a visitar a escola de seus filhos, a conversar com os professores sobre as dificuldades dos educandos, dentre outras informações.
O download da cartilha é possível de ser feito através do Blog da Família Educadora, em um dos links do canto esquerdo da página. O endereço do blog é: familiaeducadora.blogspot.com.
Em Pinda, qualquer entidade escolar ou religiosa que desejar obter a cartilha, é só entrar em conosco através do e-mail: comitemobilizacaopindasp@gmail.com.
Por João Moreno de Souza Filho.

04 setembro 2009

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO PARA O APRENDIZADO DAS CRIANÇAS



O fisiologista Amauri Betini Bartoszeck, diz, em seu artigo “Neurociência na Educação” que “aprendizagem é o processo pelo qual o cérebro reage aos estímulos do ambiente, ativando sinapses, tornando-as mais intensas.” Dessa forma, “a aprendizagem está intimamente ligada ao desenvolvimento do cérebro.” Assim, é possível dizer que o aprender e o lembrar ocorre no cérebro.

Esta informação é muito importante, especialmente porque o que está em jogo é o cérebro, órgão do corpo que não armazena energia. E de onde vem as energias que se processam no cérebro? Da nossa alimentação.

É neste ponto que estudos em Psicopedagogia apontam a boa alimentação como um dos grandes fatores para uma boa aprendizagem e a má alimentação como fator que leva à deficiência no aprendizado de milhões de crianças e adolescentes pois uma alimentação sem vitaminas, proteínas, não gera energia suficiente para que os processos cerebrais ocorram normalmente.

É importante salientar que a fase primordial para o amadurecimento cerebral ocorre entre a trigésima semana de gestação até pelo menos o segundo ano de vida. Por isso, qualquer desnutrição nesta fase afetará, de maneira irreversível o cérebro, gerando problemas de aprendizagens.

Diante disso é importante que as mães saibam que nos primeiros anos de vida o aleitamento materno oferece ao cérebro condições para que ele se desenvolva normalmente evitando, dessa forma, problemas na área do aprendizado.

Essas informações são importantes, também, porque deixam claro que os pais devem priorizar uma alimentação saudável para os seus filhos, rica em frutas, legumes e verduras, o que evitará problemas de aprendizagem futuros.

Por João Moreno de Souza Filho

03 setembro 2009

MEC LANÇA SITE DA MOBILIZAÇÃO SOCIAL PELA EDUCAÇÃO



O Mec lançou o site da Mobilização Social Pela Educação. Nele podem ser encontradas matérias sobre as ações dos mobilizadores em todo o país, informações sobre como se tornar um mobilizador em favor da educação e materiais de apoio.

O endereço do site é: http://portal.mec.gov.br/mse

O site é um suporte ao blog da mobilização onde podem ser encontradas informações da Mobilização Social Pela Educação em todo o Brasil, desde sua fundação até hoje.

O endereço do Blog é: http://familiaeducadora.blogspot.com/

Por João Moreno de Souza Filho

OBS: O logo acima desta matéria foi escaneado da cartilha "Acompanhem a Vida Escolar dos Seus Filhos", com todos os direitos reservados ao MEC.

Comitês de Mobilização atuam em 20 localidades



Os voluntários e parceiros do Plano de Mobilização Social pela Educação formaram Comitês de Mobilização que desenvolvem atividades em 20 localidades brasileiras. Os Comitês são instâncias responsáveis pela definição e implantação do Plano em determinada região.


São compostos pelas lideranças com maior capacidade de articulação e disponibilidade para atuação e que representam diversas instituições da sociedade como igrejas, entidades de classe empresariais e dos trabalhadores, conselhos tutelares, conselhos e secretarias municipais ou estaduais de Educação, universidades, clubes de serviço e Ministério Público, entre outras.

Os membros dos Comitês de Mobilização realizam atividades que oferecem espaço para discussões e reflexões com a sociedade e as famílias a respeito da realidade da Educação no País, com base nas informações e nos dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC).
Durante as ações promovidas pelos Comitês de Mobilização, as famílias são orientadas a buscar informação sobre o cotidiano escolar dos filhos. São conscientizadas, ainda, a respeito da importância da participação dos pais na vida escolar dos alunos e sobre a contribuição dessa iniciativa para a melhoria da qualidade do ensino.


Texto extraído do site da Mobilização: http://portal.mec.gov.br/mse/index.php?option=com_content&view=article&id=50:apresentacao&catid=63:outras-noticias&Itemid=220

Postado por João Moreno S. Filho às 09:39.

02 setembro 2009

A IMPORTANCIA DOS PAIS NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS



Tendo em vista que o plano de mobilização pela educação do MEC visa incentivar a participação dos pais na educação dos filhos; ciente de que a educação transcende as cartilhas preparadas pelo MEC, e convicto de que para que a ação dos mobilizadores sejam eficazes eles precisarão conhecer um pouco de educação, para assim, mostrar aos pais a importância da participação deles na educação de seus filhos, propus escrever, ainda que resumidamente, sobre a educação para que os nossos mobilizadores não sejam simplesmente leitores de cartilhas, mas que eles sejam agentes de transformação social através da educação. Dessa maneira, a igreja contribuirá com a transformação de nossa nação, plantando nesses jovens mobilizadores, a semente do saber.
COMO O ALUNO APRENDE?
Os estudos sobre a aprendizagem apontam que o aluno aprende da seguinte maneira:

10% do que ouve.
30% do que vê.
50% do que ouve e vê
70% do que vê, ouve e diz.
90% do que vê, ouve, diz e faz.

Observemos que 90% do aprendizado está na união da visão, aliada à audição, à fala e à pratica. Isso é importante ressaltar para os pais, pois, a prática em casa dos conteúdos estudados na escola, ampliará a aprendizagem dos filhos. Porém para que os pais compreendam o valor de participarem da educação de seus filhos, é importante falar, aqui, sobre o que é educação.

Dentre as muitas definições apresentadas para a arte de educar, gostaria de destacar três, pois o treinamento não visa preparar professores, e porque o tempo não é suficiente.

EDUCAR É FUNDAMENTAR IDÉIAS: As idéias aprendidas em sala de aula devem ser fundamentadas, enraizadas na mente do aluno. O melhor local para isso acontecer é em casa, com a participação dos pais, com a repetição, com a correção dos exercícios, etc.

EDUCAR É MOLDAR ATITUDES: - A mudança de comportamento é difícil, leva tempo, e torna-se impossível sem a participação dos pais, pois de acordo com Paulo Gaudencio(psiquiatra com larga experiência em atividades empresariais), eles são os objetos primários de amor dos filhos. Essa afetividade aliada à autoridade paterna, faz com que os pais tenham poder de influência na vida de seus filhos, e isto, aliado aos esforços dos professores, faz com que a educação torne-se eficaz e produza frutos na vida dos educandos.

EDUCAR É ADMINISTRAR TENSÕES: - A escola, além de ser um ambiente de aprendizado, é um ambiente de tensões, pois nela encontra-se alunos com problemas em casa, com dificuldades no aprendizado, e o pior, professores mal remunerados e sub-valorizados. Toda essa carga de tensão recai, naturalmente, sobre a psique do aluno, que desestimulado, não quer estudar em casa. É aí que entra a importância dos pais, na administração destas tensões, na condução dos seus filhos pelo caminho do saber, levando-os a perceber a importância dos estudos, dos conteúdos administrados em sala de aula.

CONCLUSÃO: Cada tópico desses pode gerar capítulos inteiros se eles forem abordados por educadores experientes. Porém o meu objetivo, aqui, é passar, para os mobilizadores, um pouco sobre a importância da participação dos pais na educação dos filhos, sabendo que as minhas palavras não resolverão todos os problemas, mas poderão incentivá-los (os mobilizadores) a entender mais sobre a arte de educar.
Professor João Moreno de Souza Filho.
Prof. de Teologia.
Escritor.
Pós-graduando em Psicopedagogia.
Mobilizador do MEC.

IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR DE PINDAMONHANGABA FIRMA PARCERIA COM A EDUCAÇÃO


O Comitê de Mobilização de Pindamonhangaba prepara, para o dia 05 de setembro, a atividade de conscientização direcionada aos professores da Escola Bíblica da Igreja do Evangelho Quadrangular. O objetivo é envolver os educadores nas ações de mobilização das famílias e da sociedade pela participação dos pais na vida escolar dos filhos.

Os professores vão receber exemplares da Cartilha “Acompanhem a vida escolar de seus filhos”, além de orientações sobre o conteúdo da publicação, para a atuação junto às famílias.

Outros setores da igreja, como Instituto Teológico Quadrangular, também serão integrados à mobilização, por meio de ações direcionadas aos alunos que cursam o Ensino Fundamental e o 2º ano do Ensino Médio na unidade. Os estudantes serão incentivados a promover atividades em suas comunidades, com amigos, vizinhos e familiares, em prol da mobilização pela educação.
No dia 17 de agosto, o trabalho de conscientização e distribuição de cartilhas foi realizado junto aos pastores das congregações da Igreja, após a reunião semanal dessas lideranças. Os pastores foram orientados a disseminar a publicação entre as famílias que freqüentam as congregações dos bairros Cidade Nova, Andrade, Bom Sucesso, Laerte Assunção, Castolira, Feital, Cidade Jardim, Crispim e Vila Prado, todos em Pindamonhagaba.
Outras orientações repassadas aos pastores dizem respeito à destinação das cartilhas às famílias que possuam filhos nas escolas públicas e para que aproveitem os momentos de reunião, como os cultos, para promover a mobilização pela educação.

Durante a reunião ordinária mensal dos pastores titulares das Igrejas e Obras Novas - outro projeto da Igreja Quadrangular – realizada no dia 06 de agosto, no templo sede situado no Centro de Pindamonhangaba, o reverendo Sebastião Edivino da Silva conclamou os presentes a instruir as famílias de suas igrejas a respeito da importância da participação dos pais na vida escolar dos filhos, para a melhoria da qualidade do ensino nas escolas públicas..
O reverendo citou as reuniões nos lares e as atividades da igreja como ocasiões que oferecem oportunidade para esse trabalho. Participaram dessa atividade os representantes dos bairros Alto do Tabaú, Boa Vista, Bela Vista, Ipê II, Karina, Mantiqueira, Santa Cecília, Araretama, Maricá e Bairro das Campinas, todos do município de Pindamonhangaba. No município de Roseira, por sua vez, a distribuição das cartilhas deve envolver as famílias do bairro Jardim Primavera. Na cidade de Aparecida, as comunidades dos bairros Ponte Alta e Itaguaçú.
Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente integra mobilização
Em reunião ordinária, no dia 11 de agosto, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e do Adolescente de Pindamonhangaba encaminhou Ofício Convite às entidades filiadas para que façam parte do Programa de Mobilização Social pela Educação.
A pastora Magda Félix de Paiva Leme, que é coordenadora de Projetos Sociais da Prefeitura de Pindamonhangaba e, também, integrante do Conselho, deverá receber, na sede da entidade, as propostas de adesão das filiadas ao Plano. Ela também solicitou à diretora de Assistência Social do Município de Pindamonhangaba, Ana Rita Maria Gomes, que distribua a Cartilha “Acompanhem a vida escolar de seus filhos” às famílias que freqüentam o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), na área central da cidade. A mesma iniciativa deverá ser desenvolvida, posteriormente, junto às comunidades atendidas nos CRAS Moreira César, Cidade Nova, Araretama e Castolira.
Com informações da pastora Mágda Félix de Paiva Leme
Postado por João Moreno de Souza Filho, às 23:10.

PINDAMONHANGABA EM AÇÃO PELA EDUCAÇÃO





No dia 17.07.2009 foi criado o Comitê educacional de Pindamonhangaba, SP. A partir desta data diversas ações têm sido realizadas pelas entidades que formam o comitê. Seguem, abaixo, o resumo dessas ações e alguns objetivos do Comitê de Pinda.

1. IGREJA CATÓLICA - Com a ajuda do Sr. Carlos Alberto cavalheiro a Igreja Católica tem se empenhada na distribuição de mais de 3.000 cartilhas em todas as paróquias de Pinda.

2. ASSEMBLÉIA DE DEUS MINISTÉRIO BELÉM– Com o apoio do pastor Euclides Vaz Júnior, os pastores locais da Assembléia de Deus, ministério do Belém, têm distribuído milhares de cartilhas para os membros, falado sobre a importância do auxílio dos pais na educação dos filhos, etc.
No dia 27.07 o pastor Euclides, em uma reunião para toda a liderança do campo, distribuiu cartilhas e incentivou a todos a participarem desta ação em favor da educação.
No dia 02.08, o Presbítero Djalma Vilela falou à igreja Assembléia de Deus, ministério do Belém,no bairro Alto do Cardoso, sobre a campanha da mobilização pela educação, incentivou os pais a auxiliarem na educação de seus filhos, a fiscalizarem as escolas, e durante o culto distribuiu cartilhas aos membros da igreja. (fotos anexas).

3. IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR – Na sexta feira, 08.08, em reunião de obreiros, o pastor Sebastião Edivino da Silva iniciou a distribuição de 1.500 cartilhas na Igreja do Evangelho Quadrangular.

4. CONSELHO DE PASTORES – O Conselho de Pastores de Pinda, liderado pelo pastor Sebastião Edivino da Silva, promoverá, na semana evangélica, de 28.09 à 03.10, a distribuição de 5.000 cartilhas em todas as igrejas que compõem o Conselho. O tema da semana evangélica será Quinta semana cultural e evangélica de Pindamonhangaba, e dará ênfase ao evangelho e à participação evangélica na cultura e na transformação da sociedade.

5. OUTROS OBJETIVOS DO COMITÊ
Ampliar a campanha para a imprensa, através de artigos em jornais, entrevistas em rádios locais.

Por João Moreno de Souza Filho.

PINDA MOBILIZADA PELA EDUCAÇÃO



No dia 17 de julho, às 19:00, se reuniu, no DEC (Departamento de Educação e Cultura ) de Pindamonhangaba, entidades civis e religiosas com o objetivo de criar o Comitê da Mobilização Pela Educação de Pindamonhangaba.

A reunião foi aberta pela Secretária de Educação, senhra Barbara Zenita França Macedo, e coordenada pela Mobilizadora do MEC Doris Prudente Bertolino e pelo Prof. João Moreno.

Estiveram presente na reunião representantes da Igreja Católica, das Igrejas Evangélicas (Assembléia de Deus, Quadrangular, Conselho de Pastores de Pinda), de escolas públicas e particulares, do Conselho Tutelar de Pinda, do poder público e da Sociedade Civil.

Durante a palestra, a Senhora Doris Bertolino falou sobre o manual para formação de agentes mobilizadores pela educação, sobre os objetivos do comitê. Outros assuntos tratados foram os problemas da educação em Pinda, as ações que o Comitê pode realizar em Pinda junto com o poder público, dentre outros. A Secretária de Educação senhora Bárbara Zenita colocou a secretaria à disposição do Comitê para que suas ações sejam integradas com o poder público.

No final da reunião teve a votação, e foram eleitos para integrar a comissão organizadora o prof. João Moreno de Souza Filho (Assembléia de Deus), a pastora Magda Felix de Paiva Leme (Igreja do Evangelho Quadrangular), e para secretariar o Comitê os senhores, o sr. Antonio da Cunha Júnior (Assembléia de Deus) e o Sr. Carlos Alberto Cavalheiro (Igreja Católica).

A partir de agora o Comitê organizará a distribuição das cartilhas recebidas pelo MEC, e convidará representantes de outras entidades e igrejas para o fortalecimento, ampliação e aperfeiçoamento do seu trabalho.

Por João Moreno de Souza Filho.